Cupcakes de limão com raspas de coco

Cupcakes de limão e raspas de coco

Desde que eu bati o olho nessa receita em uma revista, fiquei com vontade de fazer. Eu AMO o azedinho do limão em bolos e tortas (quem não?).

O único problema é que como aqui em casa todo mundo tem mania de regime (fora Han, o nosso gordinho), então a gente acaba raramente batendo algum bolinho. E aí que a oportunidade surgiu, uma amiga do namorido estava de aniversário, então decidi testar esta receita e arranjar uma vítima caso não desse certo. He he he.

Ingredientes (rende 12 cupcakes):

Para a massa:

  • 200 g de farinha
  • 1 e 1/2 col. chá de fermento em pó (eu coloquei mais, pra garantir um bolo não embatumado)
  • 1/4 de col. chá de sal
  • 200 g de açúcar
  • 120 ml de óleo de girassol
  • 3 col. sopa de suco de limão
  • Raspas de limão
  • 1 col. chá de extrato de baunilha
  • 2 ovos
  • 120 ml de leite

Para a cobertura:

  • 300 g de cream cheese (o mais magro de preferência. Eu usei um com 0,2% de gordura)
  • 50 g de açúcar de confeiteiro
  • 1 col. chá de extrato de baunilha
  • Raspas de limão para decorar
  • Côco ralado para decorar

Modo de preparo:

  1. Pré-aqueça o forno em 180ºC (no elétrico, modo circulação de ar, 160ºC). Coloque forminhas de papel na forma de muffins. 
  2. Junte a farinha, o fermento em pó e o sal. Peneire tudo e reserve.
  3. Em uma tigela funda, bata o açúcar e o óleo, até que a massa fique clarinha. Adicione o suco de limão, as raspas de limão e o extrato de baunilha. Misture tudo bem. Adicione os ovos um a um, batendo bem pra incorporar à massa.
  4. Adicione 1/3 da mistura de farinha e misture bem. Adicione 1/2 do leite e misture de novo. Mais 1/3 da farinha e 1/2 do leite. Por fim, adicione o resto da farinha. Misture tudo muito bem.
  5. Coloque a massa nas forminhas e leve ao forno de 20 a 25 minutos. Retire do forno e deixe esfriar.
  6. Para a cobertura: bata o cream cheese com o açúcar de confeiteiro e o extrato de baunilha, até que fique tudo bem cremosinho. Coloque a cobertura nos cupcakes já frios e decore com as raspas de limão e o côco ralado. Bonnapetit!
Anúncios

Se a vida lhe der morangos amassados… Faça um bolo!

Existem coisas que não combinam muito bem aqui na Alemanha, e uma combinação que nunca dá certo sou eu, uma bicicleta, uma sacola de pano e uma caixa de morangos fresquinhos. Eu estava tão feliz por ter achado uma caixa de morangos bonitos e fresquinhos num sábado às 20h que não me dei conta que os morangos deveriam ficar por cima da sacola e não por baixo. Não contente de ter colocado o resto das compras por cima da pobre caixa de morangos, eu ainda tive que equilibrar a sacola embaixo do braço enquanto voltava para casa de bicicleta, porque afinal de contas, eu sou desmiolada e ainda não comprei uma cesta decente para o meu humilde meio de condução.

Moranguinhos amassados 😦

Quando cheguei em casa, qual não foi minha surpresa ao ver os pobres moranguinhos machucados, o que significava que eu precisava dar cargo deles rápido. Que tal um bolo? Já havia feito uma vez essa receita, mas com framboesas e mirtilos fresquinhos. O namorado adorou, sendo que comeu 3/4 do bolo inteiro sozinho em uma tarde (1/4 a gente tinha comido no café da manhã). Então, que tal repetir a dose (e mimar um pouco o namorado, claro)?

Bolo pronto 😀

O bolo não ficou igualzinho da receita, até porque minha forma era maior do que a normal, e o fermento que eu tinha disponível estava meio velhinho. Mas provei uns cantinhos e parece estar bem gostoso. 🙂

Food pr0n

Eu sou uma colecionadora compulsiva de livros de receita. Não é que eu vá executar qualquer receita que conste no livro, mas adoro ficar folheando aquelas páginas e imaginando a delícia que deve ser saborear aquele prato tão bem fotografado (vai, gordinha!). As comidas são fotografadas de ângulos que as favorecem, deixando a impressão de elas serem muito mais saborosas, como as mulheres que são fotografadas naqueles ensaios sensuais tipo Paparazzo ou Playboy. As mulheres mexem com os sentidos de homens (e mulheres); as comidas mexem com os meus sentidos (ou pelo menos meu estômago responde bem às fotos).

E não somente de livros de culinária vive o tarado (por comida). Diversos sites e blogs por aí oferecem uma gama de fotografias e receitas que me fazem ficar babando, e querendo experimentar esse monte de guloseimas e gostosuras. E tem para todos os gostos! O site Dutch Girl Cooking (http://www.kayotic.nl/blog/) é mais voltado para comidinhas da terra da autora, a Holanda. O Slashfood (http://www.slashfood.com) trata do assunto de maneira mais geral, falando não só de comida, mas também trazendo reviews sobre livros sobre comida, reality shows sobre comida, it’s all about food. O nacional Cupcakes do Trem Bom (http://valentinajacome.wordpress.com) traz diversas receitas de cupcakes, uma delícia após a outra. Outro blog que é uma doçura de se ver (e ficar babando de vontade) é o The Cookie Shop (http://thecookieshop.wordpress.com), da terrinha também.

Outro site que adoro e visito sempre  é o brasileiro Prato Fundo (http://pratofundo.com) que além de dar receitas maravilhosas, dá até um bom tutorial sobre como fotografar os seus pratos de maneira profissional (e fazer sua própria pornografia alimentar ;-)).

Para fechar este post, recomendo dois gringos que são ótimos provocadores de tarados (por comida): Smitten Kitchen (http://smittenkitchen.com/) e 101 Cookbooks (http://www.101cookbooks.com/). Ah, e uma tentativa minha de divulgar a pornografia (de comida!) na Internet aí embaixo, ó!

Bolo que fiz no aniversário de um amigo meu